Skip to content

TI para Negócios

Como fazer a tecnologia trabalhar pelo seu sucesso e da sua empresa

A Embratel e a Digilab anunciam uma parceria para a oferta de soluções em Cloud Computing para transmissão de conteúdo. É a primeira vez que duas empresas nacionais firmam um acordo para disponibilizar serviços deste tipo. Por meio da parceria, a Digilab, empresa especializada no desenvolvimento de soluções para operacionalização de canais de TV e distribuição de conteúdos audiovisuais em multiplataforma, vai utilizar a solução Cloud Vídeo Delivery Embratel para permitir que os clientes ofereçam a melhor experiência de transmissão de vídeos para seus telespectadores. A parceria busca ofertar a última palavra em tecnologia para operadoras de TV por assinatura, programadoras, emissoras de TV, universidades, igrejas e TV Web, Assembleias Legislativas e Câmara Municipal.

“Com a solução Cloud Vídeo Delivery da Embratel, a Digilab poderá oferecer aos clientes uma solução exclusiva para distribuição de vídeos de forma regional e com pontos de distribuição posicionados estrategicamente nas áreas onde se concentra 97,6% do tráfego de Internet nacional”, afirma Mário Rachid, Diretor Executivo de Soluções Digitais da Embratel.

Por meio da solução Cloud Video Delivery Embratel, a Digilab oferece a plataforma Digilab Transcoder, que permite aos provedores de conteúdo converter os arquivos de seu formato de origem para os padrões e formatos mais utilizados no mercado, propiciando a reprodução desta mídia em múltiplos dispositivos, como smartphones, tablets e PCs. Um dispositivo de autenticação (token) garante a segurança e evita o uso indevido do canal de streaming. Por funcionar em Nuvem, a plataforma possibilita que os clientes adicionem recursos computacionais em momentos de pico, sem a necessidade de compra de hardware.

A solução é indicada para as pequenas e grandes empresas que buscam otimizar a transmissão de conteúdo aos usuários finais. “Estamos muito felizes com a parceria com a Digilab para a oferta de uma solução robusta e completa. Com o acordo, a Embratel reforça sua atuação como uma integradora de soluções visando oferecer ao cliente ofertas fim a fim”, diz Tomaz Oliveira, Diretor de Alianças Estratégicas da Embratel.

A solução Cloud Vídeo Delivery foi desenvolvida como uma Rede de Distribuição de Conteúdo (Content Delivery Network – CDN) exclusiva para a distribuição de vídeos na Internet. Diferentes servidores distribuídos geograficamente mantêm as réplicas dos vídeos, garantindo a melhor performance na entrega do conteúdo e, consequentemente, a melhor experiência de visualização de vídeos ao usuário final.

“O mercado de entretenimento e mídia passa por um grande processo de transformação digital. Além de um conteúdo de qualidade, é essencial que as empresas escolham a tecnologia mais adequada para a distribuição dos seus vídeos. O acordo entre Embratel e Digilab entrega aos clientes uma solução exclusiva para distribuição de vídeos de forma regional e com alta disponibilidade”, Rodrigo Budzinski, Diretor Executivo da Digilab. O executivo acrescenta que Cloud Computing já conquistou a confiança dos provedores de conteúdo pela segurança, custo e facilidade de uso.

Com dezenove pontos de distribuição posicionados nos locais de maior tráfego de Internet no Brasil, com capacidade superior a 800 Gbps, e interligados à maior e melhor rede de telecomunicações da América Latina, a solução Cloud Video Delivery Embratel consegue suportar os picos de acessos simultâneos mantendo a mesma qualidade de transmissão dos vídeos.

O tráfego descentralizado para os pontos de presença estrategicamente distribuídos permite a otimização do consumo de recursos de servidores e banda internet no Data Center de origem, reduzindo os gastos em infraestrutura de TI. Outro benefício da solução é que garante não haver concorrência na transmissão com outro conteúdo como downloads massivos de software, programas e páginas web, entre outros, por ser uma rede exclusiva para a distribuição de vídeos.

A parceria também inclui a utilização da solução Connect Cloud Embratel para mais controle, flexibilidade e autonomia total da administração dos ambientes Cloud. O Connect Cloud Embratel é baseado nas tecnologias Software Defined Network (SDN) e Openstack. O serviço em Nuvem pode ser utilizado nos modelos de Nuvem Pública, Privada ou Híbrida com a infraestrutura de TI, computação, armazenamento de dados e de rede da Embratel.

A Minsait, unidade de transformação digital da Indra, aponta que sua plataforma para BPO financeiro colabora para a redução no tempo de processamento dos contratos de crédito imobiliário no Brasil. De acordo com a companhia, que atua nas principais instituições financeiras privadas brasileiras, o tempo médio de execução das atividades de BPO passou de uma média de 30 dias em 2016 para 9 dias em 2018.

De acordo com Leonardo da Costa, Head de BPO da Indra no Brasil, isso é possível graças a três fatores principais: revisão de todo processo e fluxo operacional, automatização das atividades por meio das soluções de Intelligent Content Automation (ICA) e integração não intrusiva com os sistemas legados dos bancos. “Trabalhamos com uma plataforma própria e multicliente para BPO hipotecário, em que cada etapa é atualizada em tempo real para que os clientes tenham uma experiência única”.

Na prática, a Indra está presente em todas as etapas intermediárias entre a análise do processo e a emissão do contrato. Serviços como avaliação dos documentos (comprador, vendedor, imóvel), análise jurídica, análise de FGTS, confecção e conferência de contrato, esclarecimento de dúvidas de clientes e área comercial são exemplos de atividades desempenhadas pela companhia com a agilidade proporcionada pela tecnologia.

O aumento do volume de contratos, somado à redução no tempo de resolução de cada contrato individual não deixa dúvidas em relação ao potencial do BPO. Somente na Indra no Brasil, a quantidade de contratos processados por ano passou de uma média mensal de 600 em 2016 para 1.600 em 2018.

Com a redução do lead time, a empresa também aponta que instituições obtêm como benefício uma relação cada vez mais saudável com seus clientes. “Em tempos nos quais temos taxas de juros de crédito imobiliário muito similares, um diferencial para as instituições financeiras além da própria taxa é a satisfação de seus clientes. Acreditamos que os serviços de BPO são capazes de atendê-los da melhor maneira possível e podem contribuir ainda mais para a melhora dos índices de satisfação, como o grau de lealdade dos consumidores”, finaliza Costa.

Líder global em BPO para serviços financeiros

A Indra dispõe de uma oferta completa para a gestão integral de serviços hipotecários, com ferramentas e soluções próprias para o conjunto completo de serviços ao longo de toda a cadeia de operação da gestão hipotecária. A companhia dá suporte às tramitações relativas a mais de 100.000 imóveis de distintas instituições financeiras no mundo.

A companhia é líder absoluta em BPO (Business Process Outsourcing) e gerencia de forma solvente mais de 21 milhões de cartões ao ano. A Indra tem uma forte penetração no mercado latino-americano: seus clientes no setor financeiro representam mais de 40% do total de ativos bancários da região.

A Tata Consultancy Services (TCS), empresa líder em serviços de TI, consultoria e soluções de negócios, está com 130 vagas abertas em Londrina (PR), sendo 40 delas para o programa de trainees, outras 50 oportunidades para profissionais com conhecimento básico de computação e 40 para pessoas com deficiência (PCD).

Os alunos selecionados para o programa de trainees da TCS passarão por um mês de treinamento antes de entrar diretamente nos projetos, que irão envolver diversas áreas de atuação da empresa, como: Dot.net, Testing e projetos de desenvolvimento (Java). Os candidatos precisam estar no último semestre da faculdade – ou ter concluído o curso em 2016 e 2017 – e o conhecimento de inglês é um diferencial. Podem participar do processo seletivo profissionais dos seguintes cursos: análise de sistemas, ciências da computação, sistemas de informação, processamento de dados, administração, ciências econômicas, ciências contábeis e engenharia. Também são levadas em consideração habilidades como capacidade analítica, visão sistêmica, proatividade, capacidade de trabalhar em grupo, empatia com o mundo da tecnologia e vontade de aprender.

O processo de seleção dos jovens terá três etapas. A primeira fase será a inscrição por meio do site Vagas.com ( https://www.vagas.com.br/vagas/v1724475/programa-de-trainee-londrina), até dia 30/09, e contará com testes de português, inglês e raciocínio lógico. A segunda fase incluirá dinâmicas de grupo e redação (em português) na própria TCS. Já a terceira e última será um painel de entrevista com os gestores da área. Os selecionados serão contratados em regime CLT, com direito a vale transporte, vale refeição ou alimentação, assistência médica e odontológica e seguro de vida.

A TCS também busca profissionais com conhecimentos básicos de computação e graduação superior em qualquer área para o suporte dos projetos. O conhecimento de inglês e espanhol serão diferenciais. Os interessados podem se inscrever para o processo seletivo pelo link: https://ibegin.tcs.com/iBegin/register. Já as pessoas com deficiência (PCD) graduados em curso superior de qualquer área podem se inscrever para o processo seletivo pelo link: http://epartner.vagas.com.br/v1758431. A contratação desses profissionais será realizada de forma contínua e com prazo indeterminado. Os selecionados serão contratados em regime CLT, com direito a vale transporte, vale refeição ou alimentação, assistência médica e odontológica, seguro de vida e participação nos lucros e resultados da empresa (PLR).

“A TCS valoriza muito os talentos locais. Nesse momento, estamos em busca de jovens com potencial e vontade de aprender, além de profissionais com experiência no mercado. Queremos investir nesses profissionais para que eles se desenvolvam conosco e façam parte da história da TCS”, comenta Parameswaran R., Head de Recursos Humanos da TCS Brasil.

“A TCS já está na era do Business 4.0 e nossos serviços estão totalmente voltados para auxiliar os clientes nessa jornada de transformação. Para promover o desenvolvimento no mercado de tecnologia, buscamos profissionais inovadores que estejam alinhados com esse mindset que faz parte dos nossos negócios em todo o mundo”, analisa Tushar Parikh, Country Head da TCS Brasil.